Alunas da Casa da Fonte são selecionadas para projeto sobre empoderamento

Divulgação

A Casa da Fonte foi escolhida para fazer parte do “Projeto Empoderamento de Meninas”, do Rotary Club Jundiaí Leste. Foram selecionadas 30 jovens para acompanhar palestras com o objetivo apresentar a força feminina, principalmente quando se confia à mulher ou à menina, as próprias atitudes, para que ela ganhe soberania e possa realizar suas conquistas.

A palestrante e rotariana Simone Borsolari, chef de cozinha, conta sua trajetória de luta para conquistar seu espaço e seu sucesso profissional e divide com as adolescentes a força que teve para enfrentar todos os obstáculos. “Eu acredito que todas nós temos potencial para escrever nossa história. As vezes falta um pouquinho de clareza, conhecimento. Mas quando a gente vê que uma conseguiu, a gente acaba acreditando na gente, que nós conseguimos.

A aluna Kimberly Cristina Francisco, de 13 anos, quer ser juíza e acredita no poder feminino. “É importante participar dessa palestra porque todas as mulheres devem ser empoderada e saber que são capazes”.

Já Tainá Micaely, de 12 anos, reflete sobre a força feminina e o que tem aprendido durante a ação na Casa da Fonte. “Muitas mulheres sabem a força que têm, mas outras não descobriram a força que têm. E isso é incrível”.

A diretora da Casa da Fonte, Cristina Castilho, acredita que histórias de empoderamento trazem luz às novas gerações. “Só temos a agradecer ao Rotary Club Jundiaí Leste pela iniciativa, pois estas meninas vão sair daqui fortes e sabendo que têm potencial para ir além”.

O Projeto

 O Projeto Empoderamento de Meninas foi criado pelo presidente do Rotary International, o indiano Shekhar Mehta, para ser desenvolvido no mundo todo. Na nossa cidade, o Rotary Club de Jundiaí Leste aceitou o desafio e escolheu a Casa da Fonte para implantação do projeto.

As meninas entre 12 e 17 anos de idades, participam de palestras com total interação. “Para nós é uma honra estar nesta instituição e levar informações e histórias para estas meninas. Vamos desenvolver o projeto com sabedoria junto a diretoria da Casa”, reforça Governadora Assistente do Distrito 4590, Região 17, Marcia Corrêa de Mamede Campos da Silva Velho.

Autor Redação Mães de Jundiaí

Redação Mães de Jundiaí

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.