Sesc Jundiaí oferece oficinas gratuitas de compostagem em fevereiro

Divulgação

Considerando que uma pessoa produz em média um quilo de lixo diariamente, não é difícil se impressionar com o resultado da geração de resíduos de cada pessoa no Brasil ao longo de toda uma vida e do enorme impacto de toda a cadeia produtiva, desde a agricultura até a indústria e o comércio. Assim, com o objetivo de promover uma reflexão acerca desse tema e de propor a troca de experiências e soluções, o Sesc São Paulo convidou as unidades de Jundiaí, Bertioga, Itaquera e Taubaté para a realização de um Ciclo Formativo, norteado pelo programa “Lixo: Menos É Mais”.

O primeiro encontro, ocorrido em setembro de 2021, abordou “o consumo e as escolhas responsáveis”. O segundo acontece agora, no mês de fevereiro/2022, sob o tema da “Compostagem”, e abordará a dinâmica dos resíduos compostáveis gerados na nossa sociedade, em diferentes escalas e contextos. Por meio de mesas redondas, oficinas presenciais, entre outras atividades, o Ciclo pretende reconhecer e compartilhar experiências na área de políticas públicas e projetos de base comunitária na gestão de resíduos orgânicos compostáveis, oferecer formação prática em compostagem, compartilhando o passo a passo para a construção de diferentes modelos de composteiras. As atividades são gratuitas e já há inscrições abertas.

Sobre o programa Lixo: menos é mais

Foi criado com o objetivo de desenvolver ações voltadas à minimização e destinação responsável de resíduos, conservação do ambiente e a melhoria da qualidade de vida. Seguindo o princípio dos 3Rs – Redução, Reutilização e Reciclagem de resíduos – o programa busca a revisão do consumo e do desperdício de materiais em todas as ações do SESC no Estado de São Paulo.


Confira a programação do Sesc Jundiaí no Ciclo Formativo e garanta sua participação:

OFICINAS presenciais

COMPOSTEIRA DE PODAS
Como montar e fazer a manutenção de uma composteira para podas de jardinagem e como realizar o manuseio adequado de ferramentas e as possibilidades de utilização do composto produzido. Com Daniel Barreto de Azevedo, agroecólogo e Cinthya de Azevedo, naturopata.

Dias 5 e 6/2. Sábado e domingo, 15h às 17h

Terraço Panorâmico | 15 vagas | 18 anos | Grátis
Inscrições pelo site sescsp.org.br/inscrições, a partir das 14h, do dia 27/jan.
Atividade não sequencial.

CLUBE DA MINHOCA
Como construir, manter e utilizar da forma correta um sistema de compostagem com minhocas, que pode ser utilizado em pequenos espaços, mesmo no ambiente urbano. Com André Fossaluza, agente de educação ambiental do Sesc.

Dias 19 e 20/2. Sábado e domingo, 15h às 16h30

– 19/2: para pessoas que queiram entender o sistema de compostagem, mas não queiram levar uma composteira para casa

– 20/2: para pessoas que queiram entender o sistema de compostagem e levar uma composteira para casa

Espaço Tecnologias e Artes | 10 vagas | 16 anos | Grátis
Inscrições pelo site sescsp.org.br/inscrições, a partir das 14h, do dia 8/fev.
Atividade não sequencial.


MESAS REDONDAS

COMPOSTAGEM

16/2 – Mesa Redonda 1: Legislação e políticas públicas na gestão de resíduos orgânicos

– Prof.ª Dra. Sylmara Francelino (EACH|USP)
– Lúcio Costa Proença (Servidor Ambiental Federal)
– Victor Argentino (Instituto Pólis)

17/2 – Mesa Redonda 2: Experiências de base comunitária e sua influência nas políticas públicas

– Marcos José de Abreu (Revolução dos Baldinhos)
– Terezinha Camargo da Silva (Reciclorgânico)
– Rogério Aroldi (Condomínio Altos do Butantã)

18/2 – Mesa Redonda 3: Diferentes modelos de gestão de resíduos orgânicos

– Robson Correa (Biociclo)
– Renato Trivella (Sesc Cacupé)
– Fernando Carvalho Oliveira (Tera Ambiental)


De 16 a 18/2. Quarta a sexta, 19h às 21h

Ação Online (Plataforma Zoom) | 200 vagas | 18 anos | Grátis
Inscrições pelo site sescsp.org.br/inscricoes, a partir das 14h, do dia 25/jan.
Atividade sequencial (3 encontros).

O que saber antes de comparecer à unidade:

Pessoas com mais de 12 anos deverão apresentar comprovante de vacinação contra covid-19, evidenciando duas doses ou dose única para ingressar em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo. O comprovante pode ser físico (carteirinha de vacinação) ou digital e um documento com foto.

O uso da máscara é obrigatório durante toda sua permanência na unidade.

Quando a atividade exigir ingresso, apresenta-o com QR Code na entrada da atividade.

Autor Redação Mães de Jundiaí

Redação Mães de Jundiaí

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.