O melhor presente é estar presente!

Banco de imagens

Você sabe como surgiu o dia das crianças?

Foi em 1940, após um decreto presidencial que dizia: “Constituirá objetivo principal dessa comemoração avivar na opinião pública a consciência da necessidade de ser dada a mais vigilante e extensa proteção à maternidade, à infância e à adolescência”. Proteção?

É fácil notar como hoje, tal decreto acabou sendo deturpado e ao invés da “proteção” a indústria parece se aproveitar da vulnerabilidade de nossas crianças tornando-a uma oportunidade para o consumo desenfreado.

Atualmente, o dia das crianças é uma das datas mais importantes para as vendas de diversos setores e, em especial, os de brinquedos. 

É claro que queremos estimular a economia, porém, devemos proteger as crianças de publicidade e de ações de marketing voltadas às crianças que ocorrem principalmente nesta época do ano, já que elas são altamente vulneráveis aos estímulos comerciais persuasivos e ainda não estão prontos para tomarem certas decisões.

O Dia das Crianças é para celebrarmos a infância e garantirmos os direitos à elas preservados no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Então, como podemos celebrar o dia das crianças sem comprar brinquedos?

Aqui vão algumas ideias para um dia das crianças sem gastar dinheiro:

1- Picnic no parque;

Chame as crianças para preparar o bolo, a torta e organizem um picnic no parque com a família. Assim, você estará criando memórias afetivas pro resto da vida.

2- Trocar brinquedos ao invés de comprar;

Sugira para outros pais com filhos da mesma idade do seu, para fazerem uma feira de trocas de brinquedos. O grupo de amigos da escola, do condomínio, do bairro, podem contribuir para esta atividade. Convide seu filho para separar os brinquedos que não usa mais e participar desta feira. 

3- Dia de brincar em família: aproveite para ensinar as suas brincadeiras de infância.

As crianças gostam muito de brincar com os pais e, para que a brincadeira se torne muito divertida para você também, relembre as suas preferidas de infância e ensine seus filhos. Pular corda, amarelinha, queimada, bolinha de gude, entre outros.

4- Acampamento na natureza: com algumas árvores e tecidos vocês já conseguem armar uma barraca improvisada e garantir horas de brincadeiras e momentos inesquecíveis em família.

Vale lembrar, que para as crianças o melhor presente é estar presente! Seja brincando, seja cuidando, seja garantindo que elas estejam felizes e que todos os seus direitos estejam preservados!

Susane Ferro, do @brincarcasa.

Autor Susane Ferro

Mãe do Matheus,pedagoga e Bacharel em Letras com mais de 15 anos de experiência em Educação Infantil. Fundadora do perfil Brincar em Casa no Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *