Estresse é o principal trauma da pandemia na população brasileira

Divulgação

Segundo pesquisa preliminar realizada Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), o Brasil foi o país mais estressados do mundo em 2020. Atrelado ao grande desgaste emocional, o sentimento é causado pela pandemia de Covid-19, o isolamento social e a insegurança que o período trouxe à população.

Sendo uma defesa natural do organismo a um estímulo interno ou externo, o estresse é um mecanismo de alerta para situações de perigo ou ameaças, que prepara o corpo para lutar ou fugir.

Desencadeado por hormônios e substâncias químicas como adrenalina, cortisol e norepinefrina, as reações de estresse podem ser agudas, de maneira intensa e curta, ou crônicas, de maneira mais suave e contínua.

O sentimento apresenta três fases de sintomas: alerta (o indivíduo entra em contato com o agente estressor); resistência (atrelado a tentativa de fazer o organismo voltar ao seu equilíbrio); e exaustão (comprometimentos físicos).

Além disso, sinais de longos períodos de estresses são os principais causadores de alta pressão arterial, tensão muscular, alteração de sono, sensação de desgaste constante, problemas de pele, hipertensão, depressão e ansiedade.

Caso você tenha interesse em saber mais sobre diagnóstico e formas de prevenção, temos especialistas da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo disponíveis para entrevistas.

Autor Redação Mães de Jundiaí

Redação Mães de Jundiaí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *