Pais podem monitorar uso do celular por aplicativo

Com a chegada da pandemia, o uso dos eletrônicos por aqui aumentou! E eu permiti que Beatriz acessasse mais o celular e o tablet que o normal.

Acontece que com as aulas online, o tempo na frente das telas cresceu muito e eu percebi que era essencial colocar limites. Afinal, ela tem 6 anos e não precisa viver conectada.

Baixei o app Family Link, um aplicativo gratuito do Google para Android e iPhone (iOS), que permite o controle do uso de apps nos celulares de crianças de menos de 13 anos. A indicação foi da Mãe de Jundiaí Rita Benutto, que faz parte da equipe de moderação da comunidade. “A minha necessidade foi de antes da pandemia, quando eu precisava deixar o celular com a minha filha  Bárbara na aula de música, mas precisava ter o controle enquanto ela estivesse no curso. E me ajuda demais hoje em dia. Quando eu vejo que o uso está excessivo eu bloqueio, tem tempo de uso para aplicativos”, conta Rita.

A ferramenta permite que os pais bloqueiem apps e definam os horários de acesso, assim como os horários de pausa e hora de dormir. Também possibilita monitorar o tempo de uso de determinados aplicativos. Os pais também podem autorizar ou não a instalação de outros apps e controla compras na Google Play Store.

Eu baixei o Family Link no meu celular e no aparelho que a Bia usa. Depois o monitoramento é feito totalmente pelo meu smartphone. Eu regulo os horários quando ela faz aulas pelo celular, que precisa de um tempo maior de uso.

Tem valido a pena. Inicialmente Beatriz não gostou muito da ideia, mas ela respeita e quando acaba o tempo ela deixa o celular de lado e vai fazer outra coisa.

Autor Livia Haddad

Mãe da Beatriz. Fundadora e editora do Portal Mães de Jundiaí. Jornalista, radialista. Fundadora e líder da comunidade Mães de Jundiaí no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *