Dia dos Pais: 7 livros para estreitar a relação com os filhos

Dia dos Pais chegando, que tal diminuir o tempo diante da televisão e aproveitar a data para ler um livro com o seu filho?

Em tempos de quarentena, com pais e filhos mais próximos, ler e ouvir histórias é uma maneira de se divertir e estreitar relações. Bastam apenas 10 ou 15 minutos por dia para apresentar diferentes narrativas que ajudam a estimular a leitura, a imaginação e o desenvolvimento das crianças.

Para mergulhar na leitura, a SM Educação preparou uma lista de obras que abordam o tema família e a relação entre pais e filhos. Confira:

A Girafa é Minha! – Fabrício Carpinejar

Sabia que a girafa come 20 horas por dia e dorme de pé, aos pouquinhos? Que ela bem poderia ser filha de uma camela, um leopardo e uma escada? Que a letra “h” é a girafa do alfabeto? Pai e filha adoram conversar sobre essas coisas quando vão ao zoológico todo sábado só para ver Theo. Nem ligam para os outros animais. O amor inventa a própria língua e, assim, em “girafês”, os dois se amam.

Papai Conectado – Philippe de Kenneter

Em uma família de pinguins, o pai vive muito ocupado. Passa o dia com o celular nas mãos ou em frente ao computador e não tem mais tempo para o filho e a esposa. Então, numa manhã, ele perde a conexão de internet. Passado o desespero, ele encontra uma outra maneira de se conectar com a família e amigos mais próximos. Um livro bem-humorado, que leva o leitor a refletir sobre o papel das novas tecnologias na vida familiar e social.

Papai Entrou Numa Fria – Carlos Villanes Cairo

O nascimento do irmão, Manuel, rouba de Jimena o lugar central na família. Ela agora tem de dividir o espaço de casa e o amor dos pais com aquele pequeno e rechonchudo “intruso”. Tudo piora quando o bebê pega catapora e todas as preocupações se voltam para ele. O que Jimena não esperava é que seu pai também ficasse doente. Será que o pai pode morrer? Ele não é o super-homem que ela imaginava?

Papai Esteve na Floresta – GUSTI literatura

Na floresta onde o pai de Theo esteve existem árvores tão grandes e grossas que seria preciso todas as crianças da classe para abraçar apenas uma delas. Nas profundezas da Amazônia Equatoriana, onde vive boa parte do povo Záparo e a imponente harpia – ave de rapina que devora macacos -, tudo é bem diferente do que o garoto da cidade está acostumado a ver em seu dia a dia. Um diário divertido com as impressões de uma criança a partir dos relatos de viagem de seu pai.

Papai Urso – Cecilia Eudave

De uns tempos para cá, o pai de Ana anda estranho: quase não dorme, mal come e já não leva a filha ao cinema, nem à sorveteria, nem às aulas de balé. Fala pouco, grita muito; só mostra garras e dentes. O que terá acontecido? A culpa deve ser do senhor Estresse, misterioso inimigo que Ana caçará implacavelmente.

Vamos Ver o Papai! – Lawrence Schimel

Antes de deixar seu país, o pai presenteia a filha com um caderno, onde ela pode escrever sobre o dia a dia da família durante a ausência dele. Assim ela faz por um ano, oito meses e vinte e dois dias! Até que chega a hora de mãe e filha deixarem a casa onde moram, a avó, o cachorro querido e os amigos para se juntarem a ele. Sentimentos confusos invadem o coração da menina. Afinal, embora se alegre com a perspectiva do reencontro, ela terá de lidar novamente com a separação e com o receio do desconhecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *