Saiba como preparar seu filho para a Era Digital

Vivemos na era digital, portanto é muito comum que crianças e adolescentes estejam, cada vez mais, fissurados por computadores, celulares e afins. A grande diferença em simplesmente deixa-los usar ou não é saber que existem formas de canalizar esse gosto pela tecnologia de forma educativa, como por exemplo, uma escola de programação e robótica.

Em uma sociedade digitalizada, a programação se tornou uma matéria básica para os jovens. Além de ensinar novas profissões, como desenvolvimento de jogos, aplicativos, sites e muitas outras; o ensino da programação e robótica influencia positivamente a vida das pessoas em diversos quesitos.

O ensino da programação e robótica se faz como uma solução eficiente para aproveitar o gosto das crianças e adolescentes pela tecnologia. Permite compreender e propiciar um melhor uso dos recursos tecnológicos, entendendo como eles funcionam. Permite também um horizonte de criações: jogos, aplicativos, sites, robôs, redes sociais e por aí vai. O aprendizado da programação e robótica é um início, um primeiro passo para o jovem se tornar um criador antenado ao seu mundo.

Em termos de desenvolvimento, melhora consideravelmente habilidades intelectuais como o raciocínio lógico, propiciando ao jovem, o desenvolvimento do pensamento computacional. Entende-se por pensamento computacional, a capacidade de resolver problemas de maneira lógica e algorítmica, tal qual um computador, que divide problemas maiores em questões menores e resolver por partes. Algo que é benéfico em qualquer âmbito para qualquer pessoa! Aliado a isso, há um reforço dos conceitos matemáticos, que são vistos na prática em algo que o jovem gosta, propiciando a compreensão.

Preparando os jovens para atuar numa sociedade

Além do claro desenvolvimento intelectual, a programação e robótica contribui para outras áreas na vida das crianças e adolescentes, como o trabalho em equipe, já que os alunos realizam projetos em grupo durante o curso regular, reforçando os laços de trabalho e convivência. Contribui também até para o aprendizado de novos idiomas, já que o idioma principal das linguagens de programação é o inglês. Assim, o aluno entra em contato com a Língua.

Seguindo essa linha, surge a Ctrl+Play Fundada em 2015 na cidade de Campinas, a Escola já conta com mais de 2 mil alunos em mais de 36 unidades espalhadas por todo os país. A Ctrl+Play foi idealizada por Henrique Nóbrega, engenheiro da Computação pela UNIFEI. A metodologia é voltada para o ensino para os jovens, respeitando as particularidades da idade e se mantendo interessante. Utiliza de ferramentas criadas em grandes centros tecnológicos, como a Microsoft, MIT e Google. 

Visto tudo isso, fica claro o papel social importante desempenhado pela escola: oferecer uma saída educativa às crianças e adolescentes que são aficionadas por tecnologia. O grande objetivo da Ctrl+Play é retirá-los do papel de meros consumidores da tecnologia e transformá-los em criadores, de jogos, aplicativos, sites e até robôs!

Em Jundiaí, a unidade fica na Av. Benedito C. de Andrade, 658 (ANDAR 1) – Parque Res. Eloy Chaves. Informações pelos telefones (11) 3964-0016 / (11) 97315-4646 ou no site www.ctrlplay.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *