Pré-natal Odontológico – preciso pensar nisso?

Mamães que estão de barrigão (ou barriguinha): vocês sabiam que existe um acompanhamento odontológico para essa fase?

Pois é. Muitos não sabem mas durante a gravidez é essencial o cuidado com a saúde bucal pensando na mamãe e no bebê também.

Durante a gravidez, por questões hormonais, a gengiva pode sofrer alterações e ficar mais sensível, dificultando a higiene.  Essa dificuldade de higienização pode acarretar vários problemas na saúde bucal da gestante que podem levar até mesmo a um parto prematuro ou ao nascimento de um bebê com baixo peso.

O ideal então é fazer um acompanhamento com o dentista para uma avaliação e orientação visando evitar o aparecimento de qualquer tipo de alteração que possa ser prejudicial para a mamãe ou para o bebê.

 

Quando devo procurar o pré-natal odontológico?

O ideal é procurar um dentista antes mesmo de ficar grávida, quando o bebê estiver sendo planejado. Assim “já arruma a casa” pra não  precisar fazer nenhum tratamento durante a gestação.

Se isso não for possível, deve-se procurar atendimento logo no primeiro trimestre. Nessa etapa, são feitas orientações importantes quanto aos riscos de doenças bucais na gravidez e como evitá-las.

Acredito que o segundo trimestre seja a melhor época para a realização de procedimentos, caso haja necessidade, pois já se passou a fase crítica de formação do bebê e também dos enjôos (que podem atrapalhar as consultas com o dentista). No terceiro trimestre, o cansaço, o peso e o inchaço podem trazer desconforto para a gestante durante as consultas. Mas não há contraindicação. Nesse período é importante que ela esteja com a saúde bucal em dia para evitar parto prematudo.  E é também nessa época que a mamãe vai estar mais interessada em informações sobre cuidados com o bebê.

Mas grávida pode fazer tratamento dentário? Não prejudica o bebê?

Existem muitos mitos sobre isso. O seu dentista vai saber a melhor escolha de materiais apropriados para uso durante a gestação sem riscos. Por isso a importância de procurar profissionais qualificados!

Então o pré-natal odontológico é pra cuidar somente da mamãe?

Não. O dentista também vai orientar quanto aos hábitos de higiene oral que se deve ter com os bebês desde o seu nascimento, para criar o hábito e evitar problemas futuros.

Agora que você já sabe que é muito importante o pré-natal odontológico, bora contar as novidades para as amigas gravidinhas?

Autor Ana Andréa Noveli

Mãe do André, odontopediatra e pacientes especiais na Rizzi Saúde Oral, com ênfase em odontologia para bebês e odontologia intrauterina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *