Contra o sedentarismo, Esporte amplia vagas e modalidades

No domingo (10) é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Sedentarismo. Considerado como o mal do século, é o principal responsável pelo aumento da incidência de doenças em crianças e adultos, causando problemas cardiovasculares, obesidade, entre outras, podendo levar ao óbito. A Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL), que tem como uma das premissas ampliar o acesso à prática de atividades físicas, amplia em mais de 20% o número de vagas disponíveis para a população, inclusive com a abertura de turmas para todas as idades. A prática de atividades físicas tem mudado a vida da população a partir das ações desenvolvidas nos Complexos Educacionais, Culturais e Esportivos (CECEs) e unidades de apoio.

Ao todo são 568 turmas formatadas para o atendimento em esporte educacional, participação e rendimento. “A ampliação da oferta das turmas faz parte das metas estabelecidas pela UGEL proporcionando acesso às atividades físicas em todas as faixas etárias e conscientização da população sobre a importância da adoção de um estilo de vida ativo e saudável e da prática de atividade física por toda a vida”, destaca o gestor da UGEL, Luiz Trientini.

Valorizando a importância da prática esportiva em todas em idades, a oferta de atendimentos nos CECEs e unidades de apoio é elaborada com cuidado e atenção às necessidades da população. “Ampliamos 22 turmas somente no departamento de Esporte Educacional e Participação (DEEP), que abrange as pessoas interessadas em abandonar o sedentarismo ”, detalha Márcia Pavan, diretora do departamento.

Em 2018 a cidade contou com 5.930 alunos matriculados dentre as 25 modalidades do departamento. “Nos próximos dias será apresentada a nova grade de aulas, com as turmas, modalidades, horários e locais. Conseguimos ampliar a oferta para as demandas identificadas, como a ginástica artística, futebol, futsal, kung fu, tênis e vôlei”, detalha Felipe Bonança, supervisor do DEEP.

As amigas Márcia Brossi, Margarete Patelli Sebastiani e Elaine Crepaldi se conheceram no CECE Benedito de Lima, no Retiro. Interessadas em abandonar o sedentarismo, iniciaram nas aulas de ginástica antes de seguirem passos desafiadores. “Fazemos aulas de ginástica e condicionamento físico com os professores do Complexo Esportivo, mas também corremos ao menos 4 vezes por semana. As mudanças que sentimos no corpo, na disposição e na alegria são gritantes”, detalha Elaine, que projeta participar de uma meia maratona, na Argentina, ainda neste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *